RT @SptSntSptSnt

 

 

A expansão da Spirito Santo é um reflexo do belo trabalho de marca que eles vem apresentando, tanto como comunicação quanto como oportundiade de mercado, sendo essa oportunidade o grande diferencial que, óbvio, vou deixar para o final, caso se interesse apenas por ele, pule para o parágrafo com #.

@ Existem duas coisas muito bacanas que associo à comunicação da SPT SNT. A primeira é a evangelização, os modelos da loja geralmente são pessoas que conhecemos de Porto Alegre, músicos, designers, publicitários que convivem no nosso meio, nos influenciam e advogam pela marca, geram transparência e autenticidade em épocas que entregar um jogo de futebol é algo aceitável. O outro ponto sobre a comunicação é a experiência, desde o ponto-de-venda muito bem ambientado, com música e atendentes elegantemente desleixados, até ações como o execelente pocket show dentro do shopping Moinhos para o lançamento da nova loja. Quem viu provavelmente assistiu, ou seja, experimentou um pouco mais que um lançamento convencional:.

# A oportunidade de mercado está no produto, que não deixa de ser comunicação; na minha opinião, a Spirito Santo está navegando em um oceano azul entre o formalismo de uma alfaiataria mais refinada, como Brooksfield, Richards, Hugo Concept e Riccardi até uma estampa mais descolada, com cores fechadas mas bem diversificadas, algumas peças lembrando a moderna moda surfe, melhor exemplo: Hurley,  paradoxalmente urbana devido aos outros esportes incorporados à marca e porque, afinal, biquira é periférico não compra roupa boa!

Outro ponto muito importante: público. Existia uma necessidade desses musicos, designers, publicitários de se vestirem de forma mais elegante e com preços acessíveis, existia uma necessidade dos elegantes metro, uber e gastrosexuais de darem um toque de despojo no seu visual e, por último e principal, os homos que são disparados os mais elegantes de todos e tem uma visão mais refinada sobre moda.

Acredito que essa marca tem grande potencial para crescer, principalmente com lojas conceituais pelos grandes centros de moda e consumo, e a internet é perfeita para que esse trabalho de marca – evangelização e experiência – seja bem feito também em outras praças. Caso você não saiba o porquê de evangelização e experiência, leia o parágrafo @.

10 thoughts on “RT @SptSntSptSnt

  1. Olha, Lucas, eu tinha vontade de falar deles faz um tempo e sempre fui impacto pelo trabalho de comunicação… se tu especificares a peça, posso dizer se eu recebi ou não! Foi essa sua pergunta?
    Abraços!

  2. Não exatamente, eu acho. hehehe. Ano passado trabalhei com eles pela Void, e a marca estava caminhando nessa direção, de ações online, relacionamento com blogs, daí fiquei imaginando se esse post foi por tu seres um “advogado” da marca, ou se eles consideraram o Café Ferrolho…

  3. …como um blog estratégico para ser trabalhado. O que seria pertinente. Enfim, nenhum juízo de valor, só querendo ver em que pé anda um ex-cliente. Abrassss.

  4. Pingback: Chamem de análise, reflexão, desabafo… mas não chamem de Retrospectiva! « Café Ferrolho

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s