Chão de fábrica.

Todos nós já ouvimos histórias sobre o modelo T de Ford e alguns de seus ensinamentos: “Se eu perguntasse as pessoas o que elas gostariam, teriam me dito que queriam um cavalo mais rápido“. Além do aforismo bacana, o carro também podia ser consertado sozinho, era democrático e acessível para os próprios operários da fábrica, que trabalhavam no inovador modelo de linha de montagem, etc.

Uma das práticas mais difundidas foi essa última, a linha de montagem. Copiada, adaptada e encenada, acusada pelos recursos humanos, resignificada pelos japoneses e ainda praticada. Sim, ela é muito praticada por diversas indústrias pois estabelece uma forma prática de padronização de processo porque simplesmente limita ele. A probabilidade de erro é menor quando temos menos espaço pra isso, certo!?

Mas hoje vivemos na era do pós-hiper-homo-gastro valorização das pessoas, como é possível que criminosos ainda pensem nesse formato? Então, ouvi essa pista em uma discussão no Creativity com o estrategista da BigSpaceship, @ivanovitch: “One thinks about things and actually doesn’t do anything and the other does things but actually doesn’t think about anything. And at Big Spaceship what’s been really wonderful is that because everyone works on stuff together that doesn’t happen, everyone is responsible for thinking about what they are doing and making the things we think about happen“.

Comecei a pensar se nossa indústria não vive uma espécie de linha de montagem: O cliente passa um briefing para o atendimento, que brifa o planejamento, que brifa a criação, que brifa mídia, que brifa a produção e, se tudo der certo, o consumidor vai engajar-se bem de acordo ao briefing.

Pessoas sempre se comprometeram com o que elas participam e são envolvidas. Numa indústria que vende idéias, a padronização faz muito mais sentido como cultura do que processo. Será que somos cúmplices de nós mesmos e não sabemos disso?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s