O que deu errado no Old Spice

Gary Vaynerchuck ficou conhecido na mídia social através de um vídeo blog sobre vinho, ele se identifica como social media sommelier e hoje escreve sobre empreendedorismo e social media. Recentemente, lançou o livro The Thank you Economy e publicou um extrato dele na Fast Company falando sobre algumas razões que fizeram o case Old Spice dar errado. Sim, errado!

Todos sabemos da repercussão de Old Spice, ele foi visto como uma das maiores inovações em social media, aumentou em 55% as vendas durante a veiculação do comercial e, após as respostas no Twitter, seu crecimento foi para 107%. Impactaram mais de 11 milhões de pessoas no Youtube, sendo que 160.000 deram subscribe e teve mais de 120.000 followers. Então, Gary levando seu ponto: Eu tinha certeza que Old Spice planejava utilizar esse banco de dados e toda essa informação para começar a engajar pessoalmente.

Ele defende que todas essas pessoas deveriam ter recebido pelo menos um email agradecendo por seguir a marca. Desde setembro, Old Spice atua com uma frequência muito baixa no Twitter e sem grandes interações, a P&G imaginou que quando uma campanha termina, eles podem terminar de trabalhar também. Vaynerchuck finaliza dizendo que uma campanha nunca termina na mídia social, a P&G gerou buzz, mas desistiu de gerar relacionamento. No final das contas, o que poderia ser a melhor estratégia de social media, tornou-se uma ação tática da marca.

Será que o Vaynerchuck pegou pesado?

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s