O bom do One Show

Saíram os vencedores de uma das principais premiações do segmento digital, o One Show Interactive. Com diversos vencedores e cases fantásticos, vou tentar fazer uma compilação dos meus favoritos (por um ou outro motivo) com uma pequena análise, em uma série de dois posts.

Google Chrome – FastBall / BBH New York:
Focado em um público que não sabe o que significa browser e com um atributo de fácil identificação: velocidade. Eles trouxeram a experiência como o grande protagonista através de uma game que navega pelos principais sites da internet e, lógico, do Google.

Uniqlo – Lucky Line / Dentsu Inc. Tokyo:
Promovendo uma liquidação em 2009, diversas pessoas fizeram fila do lado de fora da loja. Em 2010, eles levaram essa fila para a internet configurando-se “the world’s first waiting line on the web”. Uma forma simples e interessante de participar, ainda com o atrativo de ganhar desconto na loja online. A campanha conseguiu direcionar venda de forma muito inteligente.

LUCKY LINE from DD on Vimeo.

Shaping Room / FIRM Tokyo:
Shaping Room é um escritório de arquitetura de Tokyo que criou uma nova forma para apresentar seus projetos, sempre com a simplicidade e o design oriental. Um site institucional sempre pode parecer diferente de um site institucional. Veja o site aqui.

Volkswagen UK – True Life Costs / DDB UK London:
Focado em valor e no custo benefício dos carros da Volks, foi criado uma vila em miniatura onde as pessoas podem calcular seus custos diários e o reflexo deles ao longo prazo. A identificação com o produto e seus atributos é feito de forma direta, só achei um pouco complexo pois exige muito do usuário. Cabe também ressaltar o lindo trabalho de produção. O vídeo pode ser assistido aqui.

Uniqlo – Lucky Counter / Dentsu Inc. Tokyo:
Para comemorar o primeiro aniversário da loja online na Coréia, foi criado um “social discount sharing system” onde, a partir do volume de tweets das pessoas, os produtos ganhavam mais descontos. Novamente os japoneses trazem a simplicidade de forma muito inteligente, trabalhando a percepção de marca com valores contemporâneos em um segmento conhecido por preço e atributos racionais.

UNIQLO LUCKY COUNTER from AWARD on Vimeo.

The Swedish Post – The sound of green / Akestam Holst 10387:
Para provar que se pode enviar praticamente tudo pelos correios, foi criado uma competição onde a pessoas deveriam adivinhar o que continha dentro das embalagens do Swedish Post a partir do seu som, quem acertava levava o objeto. O que me chamou a atenção nesse case foi o objeto social, ou seja, o que era divulgado nas mídias sociais foi um player com um som estranho, curioso.

The Sound of Green from Ourwork on Vimeo.

Google Creative Lab – Google Demo Slam / Google/NY:
Inovador desde sempre, o Google criou uma competição entre seus projetos do Creative Labs. Entra-se no site e uma disputa entre dois projetos é sugerida, as pessoas assistem, votam até que encontre um vencedor. Uma forma muito bacana de fazer com que as pessoas se sintam donas do negócio e da marca.

American Recordings/Lost Highway – The Johnny Cash Project / @radical.media NY
Um dos meus favoritos, nesse projeto as pessoas poderiam desenhar um dos frames de Ain’t No Grave. Ideia simples, com diversas pessoas muito engajadas com a marca de um selo da Universal Music e um resultado artístico lindo, um produto final relevante e que vale a pena mandar para os amigos.

Para o exercício ficar mais rico, comente sobre algum case e seus pontos positivos e/ou negativos. O legal é que não existe resposta errada e esse post é só o começo da análise.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s