1 única tendência para 2012

Está quase acabando! Já leu as tendências? Lembrou o que rolou em 2011? E, o mais importante, planejou sua marca pessoal para 2012? Os minutos são ainda mais precisos nessa época então vou ser direto. Entre todos os documents que li quero enfatizar uma principal tendência: Projects not Campaigns.

Acredito que em 2012 essa prática será muito mais reconhecida principalmente pelos clientes internacionais que, a partir de maiores necessidades, estão menos incinados a aceitar a tradicional campanha como estratégia de comunicação.

Pensar em projeto significa ter diferentes ferramentas e linhas de raciocínio. Quando pensamos em projetos, partir do consumidor e atender alguma necesssidade realmente importante é vital, impacto não é KPI.

A Most Contagious trouxe o que chamou de Marketing as Service. Consumidores esperam algo relevante que supra uma verdadeira necessidade, talvez uma nova necessidade proveniente do digital.

Quando pensamos em projetos, precisamos entender como as pessoas mantém um relacionamento frequente com a marca, como coletamos dados e os devolvemos de forma relevante, como estimulamos a interação e conquistamos seu tempo de maneria prática.

TrendWatching apresentou a tendência Idle Sourcing, que trata da colaboração das pessoas para solução de problemas, onde as marcas devem dar oportunidade para a contribuição e para que as pessoas se sintam parte de algo maior.

JWT trouxe a Generation Go uma geração empreendedora que quer produzir e, obrigatoriamente, sem obstáculos – o que o The Guardian chamou Free phone calls and Messages onde apresenta dados como 1bi de mensagens por dia no WhatsApp e mais de 30M de downloads do Viber, ferramentas gratuitas de comunicação.

Projeto pressupõe presença em mídias sociais de forma contextualizada, com uma conversa honesta e humana, uma conversa de quem também erra.

TrendWatching falou sobre Flawsome que valoriza as falhas das marcas. As pessoas não esperam que as marcas nunca errem, na verdade, assumir erros mostra honestidade, humildade, flexibilidade, maturidade e quem sabe humor, quando as marcas assumem erros, as pessoas tendem a conscientizar-se e apoiá-las.

Por fim, projetos são manifestações muito mais verdadeiras e com uma relação mais próxima com a marca. Ela realmente mostra para que veio, intensificando a experiência e realmente justifica o valor de uma marca.

Most Contagious trouxe Identity Oline enfatizando que não existe mais a separação on e off, as pessoas têm uma única noção de identidade própria, elas têm uma única experiência de marca.


Que 2012 seja um excelente ano no seu projeto de vida!

Boas Festas!

: )

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s