RT @SptSntSptSnt

 

 

A expansão da Spirito Santo é um reflexo do belo trabalho de marca que eles vem apresentando, tanto como comunicação quanto como oportundiade de mercado, sendo essa oportunidade o grande diferencial que, óbvio, vou deixar para o final, caso se interesse apenas por ele, pule para o parágrafo com #.

@ Existem duas coisas muito bacanas que associo à comunicação da SPT SNT. A primeira é a evangelização, os modelos da loja geralmente são pessoas que conhecemos de Porto Alegre, músicos, designers, publicitários que convivem no nosso meio, nos influenciam e advogam pela marca, geram transparência e autenticidade em épocas que entregar um jogo de futebol é algo aceitável. O outro ponto sobre a comunicação é a experiência, desde o ponto-de-venda muito bem ambientado, com música e atendentes elegantemente desleixados, até ações como o execelente pocket show dentro do shopping Moinhos para o lançamento da nova loja. Quem viu provavelmente assistiu, ou seja, experimentou um pouco mais que um lançamento convencional:.

# A oportunidade de mercado está no produto, que não deixa de ser comunicação; na minha opinião, a Spirito Santo está navegando em um oceano azul entre o formalismo de uma alfaiataria mais refinada, como Brooksfield, Richards, Hugo Concept e Riccardi até uma estampa mais descolada, com cores fechadas mas bem diversificadas, algumas peças lembrando a moderna moda surfe, melhor exemplo: Hurley,  paradoxalmente urbana devido aos outros esportes incorporados à marca e porque, afinal, biquira é periférico não compra roupa boa!

Outro ponto muito importante: público. Existia uma necessidade desses musicos, designers, publicitários de se vestirem de forma mais elegante e com preços acessíveis, existia uma necessidade dos elegantes metro, uber e gastrosexuais de darem um toque de despojo no seu visual e, por último e principal, os homos que são disparados os mais elegantes de todos e tem uma visão mais refinada sobre moda.

Acredito que essa marca tem grande potencial para crescer, principalmente com lojas conceituais pelos grandes centros de moda e consumo, e a internet é perfeita para que esse trabalho de marca – evangelização e experiência – seja bem feito também em outras praças. Caso você não saiba o porquê de evangelização e experiência, leia o parágrafo @.

Renner no ClicRBS

renner

Bacana o floating ad da Renner no ClicRBS. Não é tão invasivo, passa a mensagem e mostra preço mesmo que não se consiga ler os preços. Engraçado como o fato de ter preço na peça já passa a mensagem de bom negócio. A gente acredita que se a marca anuncia os valores, ela parte de um compromisso com o consumidor que está oferecendo algo relevante, diferente dos milhares de asteriscos dos planos de celulares.

desfile

Agora, se eu realmente quiser preço, eu vou no camelódromo de POA que esse sim tem o melhor preço e, ainda por cima, veste moda. Veste moda porque tem desfile, e o desfile fala por si só, já que a gente acredita que quem faz desfile, parte de um compromisso com o consumidor que ele possui moda.

Devidas proporções e abordagens, o consumidor possui os mesmos desejos e necessidades independente das diferenças sociais. #sempreconceito