Parada Gay

Rolou a parada Gay, ontem, em São Paulo. Com direito a Barack Obama, Ana Maria Braga e Penélpe, estima-se que o evento tenha reunido 3,5 milhões de pessoas, 400 mil turistas e movimentado 190 milhões de reais. É o maior evento em reunião de pessoas e o segundo maior em volume de dinheiro.

parada2

O que me choca é que, com tanto potencial de consumo, poucas marcas se manifestaram no evento. Na verdade, fiz uma breve pesquisa e só encontrei ações promocionais do Santander distribuindo brindes e com um painel montado para fotos e promoções do mesmo banco com a Tam oferecendo desconto nos pacotes de viagens.

Um pouco mais a fundo (sem conotação pejorativa), descobri que essas ações fazem parte do Programa de Valorização da Diversidade do Grupo Santander Brasil que adotou a extensão do benefício de assistência médica e odontológica  e a possibilidade de composição de renda de pessoas do mesmo sexo.

O Santander é um exemplo muito bacana de quem soube trabalhar a marca com esse público potencial. Agora, será que ainda existe o preconceito e o medo de vincular-se aos homossexuais? Será que já não passamos dessa fase e hoje nos consolidamos em um mundo de comportamento aberto e democrático?

cachorrogay

Da minha parte, eu fazia chover pétalas de rosas! O gay por sí só está na moda e não existe orgulho homo ou hetero que  desconsidere os 38% de seus gastos em compras, entre outros números.

Advertisements